Veja Carta que Leila Lopes escreveu antes de morrer

 |  fuxico
 Giambattista Fronterotta, companheiro de Leila Lopes enviou para algumas pessoas da imprensa trechos da última carta escrita pela atriz. A mensagem traz ainda informações sobre o dia e horário da missa de 7º. Dia.

Parte do texto não foi revelado, por se tratar de mensagens pessoais, dedicadas às pessoas mais intimas. Leila também agradeceu a várias pessoas da imprensa e alguns amigos.

É triste ler as palavras de Leila e um sentimento estranho toma conta da gente ao saber que antes de cometer um ato tão definitivo, e lamentável, ela ainda se lembrou das pessoas que se preocuparam com ela nestes últimos tempos.Leila citou meu nome em sua carta (e agradeceu também ao Thiago Rocha, seu amigo e repórter de O Fuxico). Difícil escrever algo sobre este momento. Nada a dizer sobre este lamentável acontecimento.

Abaixo a integra do texto enviado pelos familiares de Leila:

“Ao segundo dia de dezembro de 2009 veio a falecer Leila Gomes Lopes, mulher, esposa, irmã, tia e atriz. Esta notícia abalou a todos da família, nos deixando pasmos e sem rumo... O que aconteceu? ... O que vamos fazer? ... E nesse momento em que estávamos sem ação, encontramos as últimas palavras de nossa amada, que serviram para nos acalmar e nos orientar.

“Não chorem, não sofram, eu estou ABSOLUTAMENTE FELIZ!!! Era tudo o que eu queria: ter paz eterna com meu Deus e, se possível, com minha mãe.”

Pensamos então: Ela se suicidou! Mas por quê? ... Então continuamos a escutá-la:

‘Eu não me suicidei, eu parti para junto de Deus. Fiquem cientes que não bebo e não uso drogas, eu decidi que já fiz tudo que podia fazer nessa vida. Tive uma vida linda, conheci o mundo, vivi em cidades maravilhosas, tive uma família digna e conceituada em Esteio, brilhei na minha carreira, ganhei muito dinheiro e ajudei muita gente com ele. Realmente não soube administrá-lo e fui iludibriada por pessoas de má fé várias vezes, mas sempre renasci como uma fênix que sou e sempre fiquei bem de novo. Aliás, eu nunca me importei com o ter. Bom, tem muito mais sobre a minha vida, isso é só para verem como não sou covarde não, fui uma guerreira, mas cansei. É preciso coragem para deixar esta vida. Saibam todos que tiverem conhecimento desse documento que não estou desistindo da vida, estou em busca de Deus. Não é por falta de dinheiro, pois com o que tenho posso morar aqui, em Floripa ou no Sul. Mas acontece que eu não quero mais morar em lugar nenhum. Eu não quero envelhecer e sofrer. Eu vi minha mãe sofrer até a morte e não quero isso para mim. Eu quero paz! Estou cansada, cansada de cabeça! Não agüento mais pensar, pagar contas, resolver problemas... Vocês dirão: Todos vivem!!! Mas eu decidi que posso parar com isso, ser feliz, porque sei que Deus me perdoará e me aceitará como uma filha bondosa e generosa que sempre fui.’

É difícil para nós, familiares, aceitar ou entender a decisão dela, mas precisamos apoiá-la, como sempre o fizemos nesses anos de vida. Até para isso ela nos ajudou, deixando recados aos membros da família. Estes, por serem mais íntimos, não serão divulgados. Pedimos que nos compreendam.

Ao final de suas palavras ela, como sempre, teve a humildade e o reconhecimento aos amigos que sempre a ajudaram ao longo de sua vida.

‘Aos meus fãs verdadeiros; aos jornalistas imparciais; ao Walter Negrão e sua esposa Orphilia; a LBV; ao Eduardo Gomes; ao prefeito de Itu, Herculano Neto e toda a sua equipe e ao meu amigo Zé meu muito obrigado. Às emissoras que trabalhei, obrigada. E aos colegas maravilhosos, muita luz! A todos os sites dignos que acompanharam a minha vida, SUCESSO!!! Ego, Esther Rocha, Thiago, Odair Del Pozzo, Felipe Campos, não se sintam esquecidos. Não posso citar nomes de amigas, pois aí seria um livro, mas Sueli você é a irmã que eu não tive. Márcia, seja sempre feliz amiga. Magrid, obrigada por tudo! Andréia, do TV Fama, beijo amiga. Tadeu (di Pietro) cadê você??? Desculpe a quem eu esqueci, a vida foi muito mais maravilhosa do que sofrida para mim. Obrigado Jesus,

Nossa Senhora e meu Deus, perdoem-me e recebem-me como a filha honesta e bondosa que sempre procurei ser! Fiquem com Deus, todos!

Leila Lopes.’

Para quem não a conhecia, essa era a nossa Leila, uma mulher que vivia suas emoções intensamente, sem limites; uma mulher que conhecia a gratidão; uma guerreira da família, do amor, da honestidade e da justiça!

‘Se existe sentimento maior que o amor, eu desconheço!”'

Guardaremos esta frase para sempre em nossos corações.

Para nós, nos resta agradecer a todos pelas orações, pelo carinho e pelo apoio que recebemos nestes dias tão sofridos. Em especial a nossa amiga-irmã Liliana Nieto Alonso; Fábio da Conceição Franco; aos funcionários e moradores Condomínio Edifício Alto do Morumbi; ao Delegado Dr. Mauricio José da Silva Pinto; Investigador Ivanildo R. Lima; à Polícia Militar de São Paulo; a Empresa de Luto “Amigos” de São Paulo, representados pelos srs. Glaucio e André Thiago; à GolLog, à Prefeitura de Esteio, representada pelo prefeito Gilmar Rinaldi; à Diretora do Cemitério 2 de Julho, sra. Jacira; à Funerária Weber de Esteio, representado pelo sr. Cláudio; à Guarda Municipal de Esteio e a todas as pessoas que compareceram ao velório e sepultamento de nossa amada.

Palavras-chaves:
Fonte: fuxico  |  Edição:
Comente através do Facebook

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente