Tatá Werneck vai interpretar rainha infiel: 'Julgam mulheres que traem, mas não julgam homens'

Atriz será Lucrécia em 'Deus Salve o Rei', nova novela das 19h.

 

ipolar, infiel e "comprometida esteticamente". Essas são as características de Lucrécia, interpretada por Tatá Werneck em "Deus Salve o Rei". Após se casar com o rei Rodolfo (Johnny Massaro), ela se tornará a rainha de Montemor, mas não deixará para trás as relações que costumava ter com os homens do reino.
"Ela vira rainha, mas tem uma dor muito grande por ser bipolar e não consegue se manter fiel, então se martiriza, ajoelha no milho. Parece um drama medieval, mas é atual, quem não pode sofrer por trair?", questiona a atriz. "Lucrécia tem uma libido exacerbada, ama aquele marido, mas se sente atraída por outras pessoas."
Tatá ressalta que não é a favor da traição, mas que não concorda com os julgamentos dados às mulheres que traem.
"Aceitam as traições dos homens, mas das mulheres, não. Julgam as mulheres apenas. Te ensinam desde cedo que o homem trair é normal, mas estamos num momento que as mulheres também podem trair, se elas quiserem", reflete.
Lucrécia será a escolhida pelo rei entre diversas pinturas de mulheres nobres da época. Mas o retrato enviado, no entanto, não é fiel à realidade e Rodolfo leva um grande susto ao conhecer a futura esposa pessoalmente, já no dia do casamento.
"Falaram que iam me deixar feia, colocar uma prótese no meu nariz, mas quando coloquei a roupa, falaram que não precisava mais de nada. Mudei pouca coisa e falaram que tinham chegado na personagem. Tem uma Bruna Marquezine e uma Marina Ruy Barbosa, aí corta pra mim, já viu, né?", diverte-se a atriz.

Copyright © 2018 BRA Notícias - Notícias do Brasil e do Mundo - Todos Direitos Reservados.
Template By. Blogger | Published By O Site das Notícias!